sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

"Entrevista na Garagem:" Sergio Marinho, o Big Bear

Boa tarde amigos do Garagem de Brinquedos!
Mais um fim de semana e graças ao nosso bom Deus tudo na mais perfeita Paz!
Hoje é sexta feira e toda sexta temos "Entrevista na Garagem", Hoje nosso convidado é o Colecionador Sérgio Marinho, o companheiro blogueiro Big Bear.
                                                                        __________
                                                                      /_____.______\
                                                                  (oo)====o====(oo)
                                                                  <ºº__0_____0___ºº> 

Sérgio Marinho, empresario, colecionador e comerciante.
Sérgio Marinho
Garagem- Sabemos que você coleciona carros em Miniatura. Quais escalas? E o que o levou a colecionar?

Sérgio Marinho – Em primeiro lugar Wanderson agradeço e honro-me com a oportunidade de "aqui estar", pois já tive um blog no qual também entrevistava colecionadores e sei que o numero de colecionadores sérios e muito grande na "Terra Brasilis" e a escolha deveras difícil.

Ainda mais vindo de você que é um colecionador e blogueiro sério, não como certos "picaretas" que se auto-intitulam colecionadores, e fazem blogs copiando (se apropriando) matérias alheias sem dar credito aos devidos autores inventando "ineditismos" "histórias de contos de fadas", "furos" Totalmente inexistentes, por causa destes elementos parei de vez de escrever em meu blog, pois estava cansado de ser copiado (roubado). Mas vamos a tua questão;

Me considero colecionador desde os 7 anos de idade, quando passei a guardar os "Matchbox" que ganhava de meus pais e ter uma visão "diferente" das miniaturas, com oito, nove anos pedia a minha mãe para comprar novos Matchbox ela dizia:

Garagem- Sérgio você já não tem mais idade para isso....hihihii.

A minha visão naquela época era de "guardar" e "acumular" muitos "carrinhos", nunca parei de colecionar desde então, possuo em minha coleção até hoje as miniaturas daquela época.

Em pretérito que já se faz distante fazia todas as escalas, mas fui vitima de um "problema" que atinge a maioria dos colecionadores, falta de "espaço físico" para o armazenamento das mesmas, e devido a este fato, nos dias atuais só coleciono 1:64.
Cobiçado e raro T-Hunt$ de 2006
Garagem – Você tem um tema específico em sua coleção? Desde quando você os coleciona?

Sérgio Marinho – Quando amigos perguntam desde quando coleciono costumo responder em tom de brincadeira;

- Desde quando eu nasci...kkkkk

Pois afinal de contas colecionar miniaturas e uma forma bela de lazer e distração, que traz satisfação pessoal e alegria quando se consegue uma miniatura rara, e como se fosse uma conquista a mais, uma nova vitória.

Criei no meu blog OS "10 MANDAMENTOS DO COLECIONADOR", (Muita gente copiou, bye bye Big Bear Blog, ninguém me copia mais p... nenhuma...kkkkk)

O 1º mandamento diz

- É impossível possuir todos os itens dentro do universo de um determinado objeto.

Partindo desde principio divido minha coleção nos seguintes temas

01- Miniaturas de filmes, super heróis e desenhos (Hanna Barbera) ex: Os Flintistones. De qualquer marca.(menos maisto)

02- Coca-Cola - Qualquer miniatura de qualquer marca.(menos maisto)

03- Evos (Dave Chang)

04 - Batmovel e relativos ao Batman (todos) de qualquer escala.(menos maisto)

05 - Pick Ups - Qualquer modelo e marca (menos maisto).

06 - Hot Wheels - Miniaturas de convenção, drag bus, drag truck, Panel, ford 56, haulers (os antigos apenas), cadillacs, impalas, pick up Flashsider e TH Super, não todos, os que me agradam.

07 -Matchbox (minha marca preferida) todas que puder encontrar.

08 - Johnny Lightning - Chases (White Lightning), muscle cars, algumas kombis e fuscas e temáticos de filmes.

08 - M2 - Chases, auto haulers e auto projects.

09 - Jada, viaturas de policia, alguns fuscas e kombis.

10 - Militares (todos) de qualquer escala. (menos maisto)

11 -Maisto, nenhum...kkkkkkk
Coleção de Chevys Panels
Garagem – Você se lembra qual a primeira miniatura de sua coleção? Como você a adiquiriu?

Sérgio Marinho – O que eu me lembro como o primeiro e um Matchbox Lesney King Size Mercedes Benz Ambulância, fabricado em 1974, hoje ele fica ao lado do meu notebook

Garagem- Quantas miniaturas fazem parte de sua coleção? Você trocaria ou venderia algum deles? Por quê?

Sérgio Marinho – Calculo por volta de 15.000 unidades, tive bem mais, me desfiz de muitas por total falta de espaço físico, em 41 anos de vida isso da uma média de 365 miniaturas por ano ou uma nova miniatura por dia.

Sou ciumento, chato e até radical em relação a elas, pois não permito que qualquer um as veja, pois neste vasto e gigante mundo do colecionismo existem muitos seres mediócres, rasteiros, invejosos (ainda bem que não são maioria) essas criaturas gostam de aparecer e como não tem capacidade de fazerem algo de bom na vida, atacam os colecionadores e comerciantes sérios para aparecer, esses seres não chegam nem perto da minha coleção, só as mostro para quem é realmente amigo e sério, não para qualquer ignorante semi-analfabeto que se julga senhor do colecionismo.
Vw Drags
Garagem – Você possui alguma miniatura preferida? Explique para nossos leitores.

Sérgio Marinho – A Drag Bus 1996 First edition do Phil Phil Riehlman, por ser a primeira do modelo que se tornou um icone, um sonho dos colecionadores de todo o planeta, e que por ser uma "Kombi" a mattel não acreditava que "vingaria".

Garagem - Qual a maior loucura que você já fez para aumentar sua coleção? Por que?

Sérgio Marinho –Nunca cometi loucuras, quando quero muito uma miniatura (ou qualquer coisa na vida) parto do pré-suposto "o universo conspira a meu favor" e o que eu quero eu tenho, eu consigo, essa harmonia com o universo faz com que ela apareça sem esperar, do nada ela aparece e chega em minhas mãos.

Garagem - Qual a miniatura de sua coleção você considera a mais rara e por que?

Sérgio Marinho – Um hot wheels Sweet Sixteen Deora, por ser muito raro, mas a que eu mais gosto, por que essa o universo demorou a achar que eu a merecia e demorou a colocar em minhas mãos um hot wheels Torero Red Line 1968, sem duvida alguma a minha favorita

Garagem - Como as pessoas do seu vínculo familiar vêem seu hábito de colecionar? E os amigos, o que acham?

Sérgio Marinho – Meu pai (já falecido) gostava, minha mãe também gosta muito, minha noiva Fabíola Russo adora, os amigos curtem, mesmo se não curtissem nada diriam por que sou "pavio curto"...kkkkkk

Eles pode gostar das coisas mais absurdas que não julgo e condeno, pois cada um gosta do que lhe faz bem, e não dou a ninguém o direito de opinar e julgar meus gostos, meus atos, minhas coleções e tudo que me da prazer e me satisfaz. Quem tentou fazer isso se deu mal, por que é um péssimo negocio brigar com o "Grande Urso"...hihihihi

Garagem - A sua paixão por esses objetos já te causou algum problema (Relacionamento, financeiro ou algo do tipo)? Caso “SIM”, nos diga como foi e como solucionou.

Sérgio Marinho – Sim, meu primeiro relacionamento, Cassandra começou (vulgarmente falando) a me encher o saco, não por eu comprar miniaturas, mas pela perda de espaços, gavetas, armários, etc.

Depois da 3ª vez que ela reclamou a respeito eu disse:

- Tudo bem amor, se vc quiser tiro todas as miniaturas da casa e vc fica com a casa só para você, por que as miniaturas saem e eu vou embora junto com elas. Ela nunca mais mencionou nada a esse respeito..kkkkkkkk

Garagem – Existe um “Tabu” entre os colecionadores, sobre manter as minis no Blister ou fora dele. Como você conserva suas miniaturas de carros e o que acha desta questão?

Sérgio Marinho – Para mim não existe qualquer tabu, cada um coleciona como gosta, como quer, sou a favor da "livre opção". Eu pessoalmente prefiro guarda-las no blister, algumas compro em duplicata e abro uma, mas nada tenho contra os colecionadores que abrem.

Garagem – Qual a sua opinião sobre as lojas que separam miniaturas para vendas por valores mais elevados e qual a sugestão para que isso seja amenizado?

Sérgio Marinho – Minha opinião não é pessoal (sou comerciante, mas principalmente colecionador) e tão pouco "mureteira" não sou de ficar em cima do muro.
Eu não faria isso, como comerciante procuro vender o mais barato possível para ganhar no giro de mercadorias, quem prefere vender mais caro ter um lucro maior, mas demorar mais para obter esse lucro que assim o faça.
Agora falando de quem compra não condeno quem separa para vender mais caro, eu como colecionador não compro nessas lojas, amenizando a situação (o amago da questão), quem quer preços mais baratos para suas miniaturas, procure as lojas mais baratas, quem não se importa com isso, as compre onde achar melhor, mesmo sendo mais caro.
Tem palhaço que se acha dono e senhor da razão e da verdade, se cobre com uma capa de defensor do colecionismo para aparecer e sai agredindo quem discorda de sua opinião autoritária e ignorante, agride os comerciantes que querem vender mais caro (a mercadoria é dos caras, eles vendem por quanto quiserem) e chamam de idiotas os colecionadores que não se importam com o valor, apenas desejam ter a miniatura em suas mãos, (quem se importa com o valor não está errado, procura mais barato), não há nenhum motivo de polêmica, pois a polêmica quem causa são os palhaços que querem fama e ibope as causando.
Tem loja que faz uma mídia enorme dizendo que tem o modelo x, y e w da série que você quer, você chega lá, não tem nada, e o pior é mal atendido pois os funcionários das mesmas, te tratam com desrespeito, arrogância, sem nenhuma educação achado que estão te fazendo um enorme favor em te vender.
E o que é deveras estranho é que os corriqueiros "polemizadores" se omitem e desaparecem nesta hora, acredito que essas caras não usem boné, só usam chapéu com aba.

Garagem - Além de colecionador você tem outras atividades? Nos conte um pouco sobre você e sua família.

Sérgio Marinho – Sou o primogênito de uma família paulistana de classe média, tive que lutar muito para ter meu "lugar ao sol", nascido na Aclimação onde vivi até os 7 anos de idade, minha família se mudou para a Zona Leste (Tatuapé) um bairro que adoro e resido até os dias atuais, tirando os 7 anos que fiquei longe do Brasil (não gosto de falar sobre isso, pois teria gente que sobre minha narrativa me taxaria de arrogante e prepotente e isso me irrita profundamente), esse é o meu espaço. Sou um cara tranquilo que gosta de tomar seu chopp nas sextas feiras, gosto de esportes, automóveis antigos, sou muito apaixonado por minha noiva Fabíola, um anjo de luz que o universo colocou na minha vida, mas não pisa no meu calo, por que o homem tranquilo e de paz se transforma no urso bravo, não levo desaforo para casa, respeito seja quem for, mas quero e quando necessário imponho respeito.

Garagem – O que você mais gosta de fazer no seu dia a dia além do colecionismo?

Sérgio Marinho – Namorar muito minha linda Fabíola, curtir carros antigos, curtir minhas miniaturas (não como colecionador mas sim como lazer), adoro viajar, sentar ao volante de muscle car, preferencialmente mas não necessariamente um V8 da década de 70 e se não for um Maverick, Charger RT ou pelo menos um Opalão me satisfaço com um Passat TS "bombado"...kkkk e dirigir sem destino (há muito tempo não faço isso).

Cinema, teatro que é fundamental, em geral curtir os bônus e alegrias que o universo nos da.

Garagem - Gostaria de deixar uma mensagem para nossos leitores?


Sérgio MarinhoGostaria de deixar uma homenagem a Meu Mestre, meu ídolo, meu herói, meu pai, um homem rígido e disciplinador, que me ensinou a ter caráter, honra, respeito e enfrentar as agruras, dificuldades e os inimigos de "punhos serrados", o cara que um dia me disse, ou você vence ou você vence, no mundo não há lugar para perdedores, Deus o levou embora quis ficar com ele a seu lado. Sua falta será eternamente sentida.

As mulheres de minha vida, Cassandra que fez parte dela, me deu 3 filhos e plantou uma arvore comigo, a Fabíola minha noiva que me ensinou a conjugar o verbo amar, a quem eu amo mais que tudo, com ela escreverei o livro e nada mais me faltará, sou um felizardo, um vencedor, pois o universo me premiou com o que ele tinha de melhor você minha Fabíola, o que de melhor um homem poderia ter, eu tenho você Fabíola, não sabia que tinha eu tanto merecimento, dizer muito obrigado ao universo, (que muitos chamam de Deus) é muito pouco, Fabíola Eu te amo.

E para quem acha que romantismo é piegas ou tolo que continue achando e sendo infeliz, pois amar é a melhor coisa que existe.

E a mulher que me deu a luz, que me deu amor, carinho, atenção, que me ensinou a andar, a sorrir, a viver e sentir as alegrias da vida.


Encerro aqui citando alguns nomes da pessoas que fazem do Brasil, um gigante no colecionismo, pessoas sérias de caráter e honradas, graças a essas pessoas eu acredito não só no colecionismo, mas na humanidade.

Mônica Keimich (Mistery - CHWB), Sergio Qix (171), Reno Rocco, Roberto Zucchinni, Maurício Nunes, mauricio Souza (Horse) Jefferson Luís de Oliveira, Rônei Oliveira, Fabíola Venera Russo, João Carlos Bozzetto (Joca), Mauro Seabra, Dias Junior, Roberta Jasiskis Dias, Apoena Camargo, Carlos Dariz, George Tutumi, Macgregor Fogaça de Oliveira, Luis Iannuzzi, Luis H. Mello, Wanderson (Garagem de Brinquedos), Marcos Torresi, Jean Carlos Oliveira Lima, Zé Fusca, Jorginho Pereira, Eduardo Kenji, Marcio Aranha, Daniel Barnabé Junior (Portal das Miniaturas), Olivio Cesar Junior Gonçalves, Dani Trevizan, Icaro Alencar de Freitas, Roberto Rivelino P Tazinaffo (Rivelino Surf), Agnaldo Bastos, Ari Bilitski, Arlei König, Carlos Alberto Toth Tauil, Diego Cossenzo, Fabio Cristofani (Minhoca), Geceler Zamperlini Martins Roda, Lú Teles, Murilo Gianetti, Luiz Murilo.

Garagem - Você gostaria de deixar algum contato para o os “Garageiros”? (Ex: site, telefone, email)

Sergio Marinho: Sergio_e10@yahoo.com.br

O Garagem de Brinquedos lhe agradece muito a participação e a consideração!
Jesus o abençoe ricamente grandemente!!!

4 comentários:

  1. Parabéns pela entrevista Sérgio. Depois de tantos anos sem notícias, pude ver que o amigo vence na vida com garra e dedicação e o mais importante, sempre grato a seu pai, um exemplo de dignidade e respeito.
    Abraços,
    Max.

    ResponderExcluir
  2. PARABÉNS PELA ENTREVISTA SÉRGIO ♥♥.AMOR TAMBÉM TE AMO
    BEIJOS A TODOS QUE SÃO COLECIONADORES OU PASSARAM A SER POR ALGUÉM .

    ResponderExcluir
  3. parabens pela bela entrevista amigo wanderson, por essa materia show com um grande cara e colecionador meu amigo grande urso, gente bonissima desse meio, fiquei arrepiado qdo ele mensiona seu pai, seu mestre, idolo e heroi....show de bola, abraços a vc meu amigo sergio e obrigado pela lembrança, nem em meus melhores sonhos eu imaginaria ser citado por vc em uma materia desse porte...show de bola....abçs

    ResponderExcluir
  4. Sergio Marinho - Big Bear17 de fevereiro de 2012 01:51

    Amigos, fui ler a entrevista" meu Deus" tem frases que parece uma entrevista do Andres Sanchez.....kkkkkkkk
    Peço desculpas pelas "facadas na língua portuguesa", a escrevi de madrugada, cansado, me preocupando apenas em passar a mensagem, apenas com o conteúdo não a forma, (isso não é atenuante muito menos é desculpa) não fiz a correção que necessariamente teria que fazer e a enviei.
    Agradeço a todos o carinho.

    ResponderExcluir

Sobre o nosso conteudo

-Gostaríamos de esclarecer que as imagens e informações usadas nas postagens são fruto de pesquisas em diversas fontes como, sites da internet, revistas digitais e todo tipo de material relacionado aos temas deste Blog na internet.

-Quanto às imagens, estas são de autoria própria ou coletadas em sites de busca e e-comerce na internet, recebendos seus devidos créditos quando assim disponiveis tais informações nas fontes.
Caso se sinta prejudicado com alguma informação ou imagem aqui postados, entre em contato:

garagemdebrinquedos@gmail.com para que efetuemos a remoção imediata.

Atenção! Reservamos o direito de não publicar comentários de conteúdo duvidoso, grosseiro e/ou com palavras de baixo calão.
As opiniões aqui expressas refletem a opinião do autor do comentário.
Qualquer dúvida, entre em contato conosco.

"As imagens, marcas e nomes ou personagens citados neste blog tem todos os direitos reservados aos seus donos, fabricantes e autores."

Atenciosamente,
Equipe Garagem de Brinquedos.